Amor perfeito, sem hífen

Soubessem eles as linhas que o nosso amor perfeito já escreveu. Sem precisarmos de um hífen ou de qualquer pontuação que nos separe. Soubessem eles que a definição de amor perfeito somos nós e com certeza, desejariam ter um amor que durasse pelo menos uma vida. Uma vida cheia de sonhos, que se eles sonhassem, saberiam que eu tenho. Que tu tens. Tudo o que precisas. Precisamos. Para os cumprir a todos.

E o verdadeiro sabor da vida. De um amor, perdão. É bem capaz de ser este. Ter ao teu lado um amor perfeito, que de tão perfeito que é, te tira as dúvidas todas do coração. Porque aprendes primeiro a gostar de ti. E depois ensina-te a gostares dele e a beijares-lhe a alma. E é neste preciso momento que o teu corpo passa a ser dele também. Porque te entregas ao amor. Seja em que cama for. Porque às vezes não há o momento, nem a hora, nem o lugar certo. Há a pessoa e isso, creio que seja o suficiente para dançarem os dois a mesma canção.

E às vezes, o amor basta. Claro que basta. Porque o nosso amor permite reconhecer os erros, perder o orgulho e pedir desculpa. Porque o nosso amor se preocupa, pergunta como correu o dia e não se deita de costas voltadas. É claro que o amor basta. Porque quando há amor, há tudo o resto. E se não há, luta-se pelo que falta. Porque amor perfeito, não é quando está tudo bem, mas quando tudo se faz para tudo ficar bem. Porque amor envolve os mesmos esforços como da primeira vez que acontece. E, com certeza, muitos chegarão ao fim deste rascunho sem se acreditar que existem amores perfeitos. Mas eu garanto que existem. Porque tu és o meu.

Partilhar isto:
Voltar ao topo
Translate