Vou morrer de saudades |

Vou morrer de saudades. Senão morrer de corona vou com certeza morrer de saudades. Já não me sinto capaz de contar as horas. Não sei em que dia estou, nem em que capítulo da história fiquei. Tenho o cabelo desarrumado e o sofá já tem as formas do meu corpo. Repousei demais com a sensação de que abriria os olhos e que irias estar outra vez, aqui. Nunca desejei tanto, como nos últimos dias, que isso acontecesse. Voltar a acordar-te num domingo de manhã e descobrir que a felicidade só tem um nome. E tenho saudades. E sei que é de saudades que vou morrer. Porque a partir daqui, já nada vai voltar a ser igual. Nada. Ninguém. Nem eu. Nem tu.

E tenho medo. Que o significado dos detalhes se altere por isso. Que o teu toque deixe de saber a verão. Que os teus beijos deixem de me fazer ficar sem ar. Ou que o teu abraço deixe de ser segurança e proteção. Tenho medo porque não sei quanto tempo isto vai durar. E há distâncias que custam mais do que outras. Se te pudesse ter aqui, não me importaria que o mundo lá fora acabasse. Porque a verdadeira guerra que estamos a travar é dentro de quatro paredes. E aí, nós sabemos estar. E sabemos o que fazer. Se houvesse mais gente como nós, tenho a certeza de que tudo voltaria mais depressa ao seu lugar. Se houvesse mais gente como nós, tenho a certeza de que os silêncios invadiam as ruas e único barulho capaz de se fazer ouvir, seria o nosso amor a gritar dentro de casa.

Houvesse mais gente como nós e o fim desta guerra talvez ainda fosse capaz de ser bonito. Mas assim não. Há corações demasiado distantes para resistirem. Almas despedaçadas que vão demorar tempo a recompor-se. Há corpos que já se enterraram, uns pela doença outros pela falta de amor, que somos obrigados a guardar no bolso. E a esperar. Nunca um futuro me assustou tanto como agora. Mas ainda tenho olhos de coragem, porque tenho a esperança das voltas da vida. Mas se o mundo acabar amanhã, pelo menos que a vida me faça ter um último segundo perto de ti.

Captura de ecrã 2020-04-02, às 21.21.27
DR
Partilhar isto:
Voltar ao topo
Translate