Acabou a brincadeira seus filhos da puta!

Agora que já chamei a vossa atenção, tenho a perguntar: E quando a tua mãe precisar de um ventilador e uma cama de hospital, será que só vais pensar em ti? Quando já não houver espaço para o teu pai ser socorrido, vais continuar a ir a banhos na praia porque está calor e a tua estupidez não te queima a pele em casa? Quando o teu avô tiver no grupo daqueles que já não vão receber mais tratamentos, porque é preciso escolher quem morre e quem fica, será que vais querer continuar a rever os teus amigos na esplanada de um café?

Qual é a dúvida agora, portugueses?  Qual é, agora, o problema de ficarem em casa quando andam todo o ano a pedir férias? O tempo não está para esquisitices. Não são férias, realmente. Mas podes descansar. Podes sentar o cu no sofá e ver televisão o dia inteiro. Podes jogar playstation as horas que quiseres. Podes ler um livro antigo arrumado na tua estante. A literatura nunca te fez mal. Podes dormir e fazer as sestas as vezes que te apetecer. Podes pegar no pano e na esfregona e manter a casa limpa. Muda os móveis de sítio se quiseres. Podes fazer tudo, só não podes pôr a tua vida, nem a dos outros em risco. Só não podes ser estúpido ao ponto de esvaziar as prateleiras do supermercado, nem ires para o café beber jolas com os teus amigos. Se não é por ti, faz pelos outros. Pelas pessoas de quem gostas, mais vulneráveis. Os teus pais, os teus avós…

Os números continuam a subir e o país está a parar aos soluços. Percebo a economia, os riscos e todo o cenário que vamos ter de enfrentar depois desta guerra. Mas é preciso vencê-la primeiro. E por aqui se vê a generosidade de um povo. Somos os melhores quando nos juntamos a remar para o mesmo lado. Já provámos, mais do que uma vez, o sangue, a força, a raça que nos caracteriza. Qual é o vosso problema, desta vez?  Estamos todos para o mesmo, depois podem continuar-se a odiar uns aos outros. Mas ganhem noção, pelo menos, por agora. Será pedir muito? A realidade que hoje se vive já deixou de ser marketing há muito tempo. Parem de criticar, seus filhos da puta. De nada serve, os conselhos dos profissionais de saúde se vocês não os seguirem. Não serve de nada, que o governo implemente regras e tome medidas excecionais se vocês não as cumprem. Se achas que estamos todos a exagerar…se quiseres continuar a ser um filho da puta para ti e para os outros, porque achas que não há necessidade de tanto alarmismo. Continua, mas ao menos, lava as mãos. E respeita! Mete-te em quatro paredes e fechado à chave. E morre com a razão que achas que tens!

Captura de ecrã 2020-03-16, às 23.07.23

Partilhar isto:
Voltar ao topo
Translate